Embraer entregou 161 aeronaves no ano passado

A Embraer entregou em 2001 um total de 161 aeronaves e, embora alguns clientes tenham optado por reprogramar o recebimento de novos jatos, não houve cancelamento de pedidos firmes. As informações estão em comunicado enviado pela empresa à Bolsa de Valores de São Paulo.Ao final do "II Encontro Anual de Analistas e Investidores", uma reunião de dois dias na cidade sede da companhia, a Embraer apresentou as tendências e perspectivas relativas aos quatro segmentos de mercado em que atua: aviação comercial, corporativa, defesa e serviços ao cliente.Segundo o comunicado divulgado hoje, em 31 de dezembro último a empresa contava com uma carteira de US$ 10,7 bilhões de pedidos firmes e US$ 12,6 bilhões em opções. Segundo o presidente da Embraer, Maurício Botelho, a empresa deve entregar, neste ano, 135 aeronaves, e, em 2003, 145 aviões, incluindo as aeronaves do tipo Embraer 170. A nova família de jatos Embraer 170/190 já conta com 112 pedidos firmes e 202 opções."Uma postura conservadora é ainda o mais indicado para as circunstâncias atuais, já que acreditamos que as conseqüências dos irresponsáveis atos de setembro último ainda serão sentidas em 2002", diz Botelho no comunicado. "Uma visão pragmática é o mais recomendado para manter nossa empresa no rumo certo", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.