Embraer fábricará aviões em Jacksonville (EUA)

A Embraer anunciou a intenção de inaugurar instalações industriais em Jacksonville, Flórida (EUA), para a produção de aeronaves voltadas para os mercados norte-americanos de defesa e segurança nacional. "As novas instalações, localizadas no Cecil Commerce Center, qualificam integralmente a empresa como fornecedora do governo dos Estados Unidos para os programas de defesa e segurança nacional", afirmou a companhia. "Acreditamos que esta iniciativa, voltada para os mercados norte-americanos de defesa e segurança nacional, levará a uma prolongada expansão das capacidades da Embraer em operações nos Estados Unidos relativas à defesa", disse o presidente da companhia, Maurício Botelho, em comunicado. Ele afirmou que a empresa tem buscado oportunidades nos mercados norte-americanos de defesa e segurança nacional, tendo em vista a necessidade de sistemas de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (ISR) avançados e de custo acessível. Governador comemora"É com muita satisfação que vemos a escolha de Jacksonville como base estratégica da Embraer para competir no mercado de defesa dos Estados Unidos", afirmou o governador da Flórida, Jeb Bush, no comunicado. A Embraer disse ter selecionado Jacksonville entre uma lista reduzida de cidades "por ser ela a que melhor atende aos requisitos da empresa, principalmente em termos de instalações e logística, mas também em fatores como mão de obra qualificada e custo de vida".A Embraer informou ainda que divulgará posteriormente detalhes sobre a abrangência e o cronograma do projeto. Segundo o aviso, perto de 67% das vendas de aeronaves comerciais e executivas da Embraer são realizadas no mercado norte-americano. Das 1.519 aeronaves entregues no mundo inteiro, a Embraer direcionou mais de 780 para os Estados Unidos desde sua fundação, em 1969.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.