Embraer fecha acordo para construção de fábrica nos EUA

A Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer) fechou um acordo para a construção de uma fábrica na cidade de Jacksonville, na Flórida, que deverá gerar a criação de duzentos novos empregos. O acordo foi anunciado pelo prefeito de Jacksonville, John Peyton, e pela companhia brasileira. "Estamos muito satisfeitos com o fato de a Embraer ter selecionado Jacksonville como uma localização estratégica para competir no mercado norte-americano de defesa", disse o governador da Flórida, Jeb Bush, que também é presidente da agência de desenvolvimento econômico Enterprise Florida. A fábrica deverá ser inaugurada em julho do próximo ano. A Embraer formou recentemente uma parceria com as companhias norte-americanas Harris e Lockheed Martin para participar da concorrência para desenvolver um novo avião de reconhecimento para as Forças Armadas norte-americanas. A empresa brasileira deverá fornecer a estrutura da aeronave enquanto a Harris fornecerá o sistema de comunicações. A prefeitura de Jacksonville concordou em pagar mais de US$ 9 milhões em incentivos para a nova fábrica, incluindo a construção de um novo hangar avaliado em US$ 6,5 milhões. Em troca, a Embraer deverá empregar cerca de duzentas pessoas, com um salário médio de US$ 35,8 mil por ano. O mercado norte-americano é responsável por 67% das vendas de aviões comerciais e executivos da Embraer. Dos 1519 aviões já entregues pela Embraer desde a sua fundação em 1969, mais de 780 foram entregues pelos Estados Unidos. A companhia brasileira emprega 12,4 mil pessoas em todo o mundo. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.