Embraer fecha contrato com Exército brasileiro

A Embraer Defesa e Segurança anunciou oficialmente ontem ter fechado com o Exército brasileiro contrato, por meio do consórcio Tepro (formado por suas controladas Savis e OrbiSat), para implementação da primeira fase do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron), em um negócio de R$ 839 milhões. A informação havia sido antecipada pelo Estado. A fase inicial do Sisfron prevê monitoramento de 650 km de fronteira terrestre do Mato Grosso do Sul com o Paraguai e com a Bolívia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.