Embraer lança novas versões de maiores aviões brasileiros

Duas novas versões dos jatos comerciais Embraer 190 e Embraer 195 foram lançadas ontem pela fabricante brasileira de aeronaves. Os jatos fazem parte da família Embraer 170/190 e são os maiores aviões fabricados pelo Brasil até hoje. Os dois modelos terão a versão AR (Advanced Range), com maior alcance e flexibilidade operacional. De acordo com a empresa, os modelos terão reforços na estrutura da fuselagem, nas asas, nas estruturas que sustentam o motor e nas superfícies de controle de vôo. Com isso, os aviões poderão voar com o peso máximo a um alcance de até 300 milhas náuticas a mais, dependendo das condições específicas de cada operadora.O 190 AR chegará a 2.300 milhas (3.700 km) e o 195 a 2.100 milhas (3.400 km). "As novas versões representam uma alternativa atraente para as empresas aéreas que precisam de mais alcance para maior flexibilidade operacional e cobertura de mercado", afirmou o vice-presidente executivo da Embraer, Frederico Fleury Curado. A companhia aérea JetBlue, primeira a comprar o modelo Embraer 190 com cem lugares, também foi a primeira a optar pela nova versão, convertendo a encomenda de cem aviões e as opções de outras cem aeronaves para AR (Advanced Range). "Estamos entusiasmados e ansiosos para oferecer aos clientes da JetBlue os novos produtos com tarifas mais baixas", disse o presidente da companhia aérea, Dave Barger.As campanhas de certificação, quando os aviões passam por todos os testes, devem ser finalizadas entre o final deste ano e meados de 2006. Só depois deste período é que as aeronaves tem autorização para voar. Até dezembro do ano passado, a Embraer tinha 343 encomendas firmes e 427 opções de compra dos modelos da família de jatos 170/190. A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais com até 110 lugares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.