Embraer liderou exportações em 2001

A Embraer liderou o ranking das maiores empresas exportadoras brasileiras em 2001. A Petrobras, a Companhia Vale do Rio Doce e a Volkswagen seguiram a Embraer no topo da lista das principais empresas exportadoras, divulgada hoje pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. A Embraer exportou no ano passado US$ 2,897 bilhões, o que representou um crescimento de 7,23% em relação às vendas de 2000. As exportações da Embraer representaram sozinhas 4,98% de todo o volume exportado pelo Brasil em 2001. Se por um lado a Embraer foi a empresa que mais exportou no ano passado, também foi a segunda maior importadora, atrás apenas da Petrobras. As importações da Embraer de componentes para a fabricação dos seus aviões chegaram em 2001 a US$ 1,843 bilhão, com aumento de 33,9% sobre as compras do ano anterior. PetrobrásA Petrobrás exportou US$ 2,61 bilhões em 2001 ficando em segundo lugar no ranking das maiores empresas exportadoras. As vendas da Petrobras tiveram um crescimento de 79,24% em relação ao volume exportado em 2000. Com esse crescimento, a empresa saltou de um ano para o outro do terceiro para o segundo lugar no ranking. Em 2000, era a Companhia Vale do Rio Doce que ocupava o segundo lugar na lista. Mas em 2001, a Vale caiu para o terceiro lugar, com um total de US$ US$ 1,709 bilhão de exportações - 7,08% maiores do que em 2000. Segundo os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, a Petrobrás lidera a lista das maiores empresas importadoras. A empresa teve um gasto total de US$ 6,169 bilhões com as compras externas, valor 16,99% inferior ao registrado em 2000. A redução das importações da Petrobras foi favorecida principalmente pela queda dos preços do barril do petróleo no mercado internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.