Embraer suspende produção em fábrica na China

A Embraer suspendeu temporariamente a produção de aeronaves em sua fábrica na China. A assessoria de imprensa da empresa informou que o fechamento provisório das atividades se deu por causa da contaminação tóxica do Rio Songhua, que abastece Harbin, cidade onde está localizada a fábrica. ?As providências relativas ao incidente se dão no ambiente da comunidade e da indústria em absoluta tranqüilidade?. A Embraer afirmou ainda que acompanha com atenção o desenrolar dos acontecimentos. O Rio Songhua foi atingido por um grande vazamento de benzeno, provocado por uma explosão numa indústria petroquímica chinesa, ocorrida há cerca de dez dias. Segundo autoridades chinesas, a quantidade do produto - cancerígeno e mortal quando em grandes concentrações - nas águas do rio vem caindo, mas não foi informado ainda o nível de redução.

Agencia Estado,

25 Novembro 2005 | 13h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.