coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Embraer vende 22 jatos por US$ 350 milhões

A Embraer anunciou hoje que a Wexford Capital LLC assinou contrato com encomendas de 15 jatos ERJ 135 e sete ERJ 145, com opções para mais 30 aeronaves de qualquer um dos dois modelos. O negócio tem valor aproximado de US$ 350 milhões ? referentes às 22 encomendas -, podendo chegar a US$ 900 milhões, dependendo do número de opções que serão compradas. As entregas deverão ocorrer a partir do quarto trimestre de 2002, prosseguindo ao longo de 2003.Segundo comunicado da empresa, a aquisição resulta de acordo entre as empresas norte-americanas Chautauqua Airlines e a Delta Air Lines, por meio do qual a Chautauqua passa a operar os jatos regionais da Embraer no estado norte-americano da Flórida.A Chautauqua é a quinta empresa aérea regional a integrar o sistema Delta Connection. "Estamos muito satisfeitos com esta nova aquisição, que vem confirmar e reforçar a relação entre nossas companhias. Ficamos particularmente felizes em poder mostrar o nome Delta Connection em nossas aeronaves ERJ 135 e ERJ 145", disse o presidente da Embraer, Maurício Botelho, em comunicado.A Chautauqua Airlines é uma subsidiária integral da Republic Airways Holdings. Esta última é subsidiária integral da Wexford Capital LLC, empresa de investimentos e gestão de fundos, sediada em Greenwich, no estado norte-americano de Connecticut.A Chautauqua Airlines efetua 355 vôos diários para 42 cidades em 18 Estados dos EUA e Canadá, por meio de acordos de operação compartilhada com três grandes linhas aéreas norte-americanas.A frota, constituída unicamente de jatos regionais Embraer, totaliza 50 aeronaves, incluindo 38 ERJ 145 e 12 ERJ 140. A Wexford está atualmente com 75 pedidos e 50 opções de compra.

Agencia Estado,

10 de junho de 2002 | 15h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.