Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Embraer vende 5 jatos para a NAS Air, da Arábia Saudita

A Embraer comunicou hoje a assinatura de um contrato com a NAS Air, da Arábia Saudita, para a venda de cinco E-Jets Embraer 190, com opção para outras cinco aeronaves. O contrato inclui ainda direitos de compra para outros 12 jatos do mesmo modelo. "O valor total do acordo, referido a preços de tabela, é de US$ 172,5 milhões, nas condições econômicas de janeiro de 2007, podendo alcançar US$ 759 milhões, se todas as opções e direitos de compra forem confirmados", diz o aviso da empresa.Conforme o comunicado, a NAS Air também assinou um acordo com a GE Commercial Aviation Services (Gecas) para operar outros cinco E-Jets - três Embraer 190 e dois Embraer 195 - por meio de um contrato de leasing. O primeiro modelo será configurado com 114 assentos e o segundo, com 118. A base dos E-Jets será no Aeroporto Internacional King Khaled (KKIA), em Riad.A NAS Air receberá a primeira aeronave em fevereiro de 2008, por meio do contrato de leasing com a Gecas. A companhia pretende utilizar o avião nos crescentes mercados doméstico e regional. "Criada em fevereiro de 2007 como a primeira empresa aérea de baixo custo da Arábia Saudita, a NAS Air cresceu rapidamente, tornando-se a segunda maior companhia aérea do país." A empresa atende atualmente 21 cidades no país com uma frota de sete aeronaves.Os E-Jets da Embraer serão utilizados para aumentar o número de vôos semanais de 70 para 358.

AE, Agencia Estado

12 de novembro de 2007 | 13h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.