Nick Oxford/Reuters
Nick Oxford/Reuters

Ministro dos Emirados Árabes confirma que país está perto de limite da produção de petróleo

Oferta atual está acontecendo na atual linha de produção da Opep+, segundo o ministro

Matheus Andrade, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2022 | 08h36

O ministro da Energia dos Emirados Árabes Unidos, Mohamed Al-Mazrouei, confirmou nesta terça-feira, 28, que o país está em níveis próximos de sua capacidade máxima de produção de petróleo. Em um tweet, o ministro respondeu informações veiculadas ao longo do dia, especialmente após câmeras da Reuters TV divulgarem o presidente da França, Emmanuel Macron, afirmando ao homólogo americano, Joe Biden, que as nações do Golfo Pérsico estavam próximas de seus limites de oferta.

"À luz dos recentes relatos da mídia, gostaria de esclarecer que os Emirados Árabes Unidos estão produzindo perto de nossa capacidade máxima de produção", afirmou Al-Mazrouei. Segundo ele, a oferta atual vem com base na atual linha de produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+), com a qual os Emirados Árabes Unidos estão comprometidos até o final do acordo".

Neste contexto, a Reuters publicou que a França quer que o Irã e a Venezuela, atingidos por sanções, retornem aos mercados de petróleo para aliviar o aperto russo no fornecimento de energia que elevou os preços, segundo uma autoridade da presidência francesa. Os desdobramentos ocorreram no âmbito go G7, que vem ocorrendo na Alemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.