'Empregabilidade é de 93%', afirma coordenador do curso na Fatec Sistemas biomédicos

O tecnólogo em sistemas biomédicos é responsável por implantar e gerenciar equipamentos clínicos e médico-hospitalares. "Há muita demanda por esse tipo de profissional. Registramos empregabilidade de 93% no último levantamento", afirma o coordenador do curso tecnológico em sistemas biomédicos da Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Sorocaba, Edemir Celso Mantovani (foto à direita).

O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2012 | 03h11

Segundo ele, quem trabalha no setor alia a área biológica à engenharia. "Nas clínicas e hospitais, os médicos só operam se houver um tecnólogo que fique na gerência dos equipamentos."

O curso, regulamentado pelo Conselho Estadual de Educação, exige que o aluno faça estágio somente a partir do quarto semestre. A escola auxilia o estudante criando oportunidades por meio de convênios com empresas. Os formados podem trabalhar em hospitais, policlínicas, laboratórios e fabricantes de equipamentos hospitalares.

Mantovani ressalta que, por ser um curso que envolve diversos setores do conhecimento, o aluno deve ter interesse pela área de exatas, elétrica e biologia. "É muito importante estudar a biologia, porque, além de saber como o equipamento está atuando, o profissional precisa conhecer de onde vêm os efeitos que ele mostra", acrescenta.

O estudante Thiago Cacuro, de 24 anos, pesquisava por cursos na internet que envolvessem a área da saúde quando encontrou o blog de ex-alunos da graduação da Fatec.

Começou, então, seu interesse pela formação, que aumentou ao descobrir a expansão do setor no mercado de trabalho. "É uma área que não tem tantos profissionais formados, pois são poucas instituições que oferecem o curso", diz. "Muitos hospitais têm alunos da Fatec atuando no setor, inclusive em São Paulo, que recebe tecnólogos em saúde de Bauru ou Sorocaba."

Cacuro já está no último semestre do curso. Ele começou a prática trabalhando com manutenção de equipamentos médicos, mas seu gosto pela biologia o levou ao atual estágio no laboratório da Fatec.

Agora, ele trabalha em um projeto voltado para a área da educação ambiental, que incentiva alunos do ensino médio de escolas públicas a preservarem o meio ambiente. Quando se formar, quer seguir na área acadêmica e fazer um mestrado relacionado à biologia.

salário inicial

R$ 1,8 mil

Duração

6 semestres

Disciplinas

Sistemas digitais, análise de equipamentos médicos e hospitalares, bioquímica, microbiologia, física, cálculo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.