Emprego industrial cai 1% em abril

O emprego industrial caiu 1% em abril ante igual mês do ano passado, segundo divulgou o IBGE. Na comparação com março, no indicador dessasonalizado, houve queda similar, de 0,9%. O resultado acumulado no ano é positivo até abril (0,2%), mas há redução no indicador de 12 meses (-0,3%). As principais contribuições em abril ante abril de 2002 foram dadas pelos Estados de São Paulo (-2,5%) e Rio de Janeiro (-3,3%), onde houve mais demissões nos setores de máquinas e aparelhos eletro- eletrônicos e de comunicações (-10,7%, em São Paulo), no primeiro, e em papel e gráfica (-15,2% no Rio).A folha de pagamento da indústria brasileira permaneceu em queda em abril. Na comparação com igual mês do ano passado, houve perda real de 7,5% na folha. A redução acumulada no ano atingiu 7% até abril e em 12 meses a queda chegou a 3,9%. Houve um pequeno acréscimo apenas na comparação com março (0,7%). O número de horas pagas também caiu, tanto na comparação com abril do ano passado (-1,9%) quanto ante março (-0,5%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.