Emprego industrial cresce 0,1% em agosto

O emprego industrial registrou em agosto o primeiro crescimento (0,1%), após seis meses de queda, na comparação com mês anterior, na série livre de influências sazonais. Os dados foram divulgados hoje pelo IBGE. Houve queda, entretanto, na comparação com agosto do ano passado (-0,9%), a quinta redução consecutiva nessa base de comparação. Nesse caso, os ramos que participaram com os maiores pesos negativos na média nacional foram minerais não metálicos (-6,7%), têxtil (-5,7%), vestuário (-4,2%) e calçados e couro (-5,0%). O IBGE não divulgou até o momento que setores pressionaram a taxa positiva em agosto ante julho. No acumulado do ano, até agosto, ante igual período do ano passado, a queda no emprego foi de 0,4% e em 12 meses até agosto, houve redução de 0,3%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.