Emprego industrial em 2007 terá maior alta desde 2002

Dados acumulados entre janeiro e novembro já garantem que o ano passado será o melhor para o mercado

Jacqueline Farid, da Agência Estado, Agencia Estado

14 de janeiro de 2008 | 12h14

Os dados acumulados do emprego da indústria entre janeiro e novembro do ano passado já garantem que o ano de 2007 será o melhor para o mercado de trabalho industrial desde 2002. Segundo o economista André Macedo, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o aumento de 2,1% no número de empregados do setor acumulado em 11 meses é o maior aumento anual na série histórica da pesquisa do IBGE, iniciada em 2002. Também já supera o maior crescimento anterior, de 2004, quando a expansão foi de 1,8%.   Veja também:  Renda e emprego na indústria têm maior alta em 3 anos   No caso da folha de pagamento, a expansão acumulada de 5,3% de janeiro a novembro de 2007 só foi superada no ano de 2004, quando foi de 6,7%. Os dados finais do ano passado serão apresentados pelo IBGE em fevereiro.Macedo ressaltou que os resultados positivos do ano passado estão espalhados entre setores e regiões. Ainda no acumulado de janeiro a novembro, 12 de 18 setores mostraram crescimento no emprego e 16 setores registraram aumento na folha de pagamento. Setores em destaque O economista sublinhou também que os segmentos com maior impacto positivo nos dados de emprego e da folha são aqueles com maior destaque na atividade industrial, vinculados à produção de bens de capital e bens de consumo duráveis.Por outro lado, foram apurados resultados negativos acumulados na geração de vagas em segmentos que estão sofrendo com as importações ou dificuldade de exportações, em conseqüência do câmbio, e mostram dificuldades também na produção, como artigos de couro (-7,1%) e vestuário (-3,7%).

Tudo o que sabemos sobre:
EmpregoMercado de trabalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.