Emprego industrial mantém-se estável em agosto

O Nível de Emprego Regional no setor industrial, apurado pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), teve a leve oscilação de 0,08% em agosto ante julho, apontando estabilidade, com a geração de 1,57 mil postos de trabalho no período. Conforme a pesquisa divulgada hoje pelo Ciesp, o emprego regional cresceu 2,48% no acumulado de janeiro a agosto, com a criação de 48,17 mil vagas, e, no acumulado dos 12 meses encerrados em agosto, alta de 3,22%, com 63,73 mil postos criados. A variação porcentual de agosto foi a menor registrada pelo Ciesp desde dezembro de 2004, quando o índice oscilou negativamente em 0,44%. Em 2005, o pior momento do nível de emprego regional foi verificado em junho, com oscilação positiva de 0,15%. Melhores performances Segundo as diretorias regionais do Ciesp, as melhores performances em agosto ante julho foram registradas em Matão (3,62%), Guarulhos (2,96%), Jacareí (2,07%), Marília (1,56%) e São Caetano (1%). Enquanto as piores performances foram verificadas em Jaú (-2,64%), Santa Bárbara D´Oeste (-1,87%), Jundiaí (-1,81%), São Carlos (-1,20%) e São José do Rio Preto (0,96%). Na Grande São Paulo, o Ciesp identificou oscilação de 0,22% no nível de emprego em agosto ante julho, enquanto que, na capital paulista, a variação ficou em -0,04%. A pesquisa é realizada mensalmente pelo Ciesp e suas diretorias regionais, numa amostra constituída aproximadamente por 1,78 mil indústrias, representando 93% do emprego industrial do Estado de São Paulo, compreendendo cerca de 633 mil empregos.

Agencia Estado,

19 Setembro 2005 | 15h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.