Emprego na construção civil cresce 1,7% em agosto

A construção civil contratou cerca de 20,9 mil trabalhadores em agosto, o que representa um crescimento de 1,7% em relação ao mês anterior. Trata-se do melhor desempenho do ano para o emprego do setor, segundo dados do Sindicato da Construção (SindusCon-SP) e da GVconsult, com base em pesquisa do Ministério do Trabalho. Em julho, foram abertas 11,8 mil vagas (+0,96%).De janeiro a agosto, o setor criou 100,7 mil postos de trabalho no País (+8,71% em relação a dezembro de 2003). Em comparação com agosto de 2003, houve um crescimento de 5,42% ou 64,6 mil vagas a mais.O emprego na construção civil paulista também cresceu em agosto, com a abertura de 1,7 mil vagas (+0,48% em comparação ao mês anterior). Em julho, o setor no Estado de São Paulo havia fechado 372 postos de trabalho (-0,10% em comparação a junho).No acumulado do ano até agosto, o emprego na construção civil paulista cresceu 5,64%, o que corresponde à criação de quase 19,5 mil vagas. Na comparação de agosto deste ano com o mesmo mês de 2003, o setor no Estado conta com 12,7 mil vagas a mais (+3,59%).A construção civil brasileira contava em agosto deste ano com 1,26 milhão de trabalhadores formais. Destes, quase 365 mil estavam no Estado de São Paulo.Região metropolitana de São PauloO emprego da construção civil na região metropolitana da Capital paulista voltou a subir em agosto, com a abertura de 978 vagas (+0,56%). Outros destaques foram as Regiões Sudeste (área de São José dos Campos), com crescimento de 2,79% ou 844 vagas a mais, e Sudoeste (Sorocaba), com 1,20% ou 413 vagas a mais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.