Emprego na indústria cresce em junho

O emprego industrial cresceu 0,5% em junho na comparação com o mês de maio, de acordo com dados divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em todas as localidades pesquisadas, o emprego industrial registrou crescimento no mesmo período. A maior variação foi apurada no Nordeste (1,2%), mas também foram registradas altas em São Paulo (0,6%), em Minas Gerais (0,5%), no Rio de Janeiro (0,1%) e na Região Sul (0,1%).Dos 22 ramos industriais pesquisados pelo IBGE, 13 apresentaram crescimento entre maio e junho. Os principais destaque são os crescimentos na indústria da borracha (8,2%), da madeira ( 7,3%), do mobiliário (6,4%) e da mecânica (4,8%). As principais quedas foram registradas nos segmentos de bebidas (6,0%), indústrias diversas (3,6%), e farmacêutica (3,4%). Nos últimos quatro meses, o emprego na indústria está crescendo ininterruptamente, acumulando neste período uma alta de 1,9%. Na comparação com junho de 1999, o emprego industrial cresceu 2,0%, enquanto no acumulado do ano o aumento é de 0,1%. No acumulado de 12 meses, no entanto, registra-se queda de 2,8%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.