Emprego na indústria cresce em maio e mantém queda no ano

O emprego industrial cresceu 1% em maio na comparação com abril e registrou aumento de 0,9% ante maio do ano passado. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o aumento da ocupação na indústria ante igual mês do ano anterior foi o primeiro registrado pela pesquisa desde abril de 2003.Nos períodos mais longos, o emprego industrial continua em queda: -0,3% no acumulado do ano até maio e -0,9% nos últimos 12 meses. Segundo afirmam os técnicos do IBGE no documento de divulgação do índice, "o aumento de postos de trabalho verificado em maio tem reflexo no indicador de média móvel trimestral, que mostra trajetória ascendente do emprego". Rendimento caiA folha de pagamento dos trabalhadores da indústria, na série livre de influências sazonais, recuou 1,1% em maio em relação ao mês de abril, segundo divulgou o IBGE. A queda nesse indicador foi menos acentuada do que a registrada de março para abril (-2,3%). Nas demais comparações, a renda na indústria registrou aumento: 7,2% em comparação a maio do ano passado; 8,8% no acumulado do ano e 1,9% no acumulado nos últimos 12 meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.