Emprego na indústria de máquinas cresce 9,9% até maio

O nível de emprego na indústria brasileira de máquinas e equipamentos cresceu 9,9% nos cinco primeiros meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2003, informou hoje a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).Em 31 de maio, o setor empregava 196.691 trabalhadores. De acordo com os indicadores conjunturais da entidade, o faturamento global teve um incremento de 19,1% no período, puxado pelas vendas externas, para R$ 16,281 bilhões. A utilização da capacidade instalada também cresceu, de 76,27% para 79,80%.Em comunicado, o presidente da Abimaq, Luiz Carlos Delben Leite, afirmou que há "uma tênue melhora da disposição dos investidores, visível também no aumento das importações, da ordem de 9,3%." O levantamento mostra que a tendência de aumento das exportações continua.Até maio, houve um aumento de 28,9% nas vendas externas até maio, que passaram de US$ 1,855 bilhão em 2003 para US$ 2,392 bilhões neste ano. Os principais das máquinas e equipamentos são Estados Unidos, União Européia e Argentina.

Agencia Estado,

30 de junho de 2004 | 12h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.