Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Emprego na indústria do RJ cresceu 0,53% em novembro

A indústria fluminense contratou cerca de 1.900 pessoas em novembro, com crescimento de 0,53% do pessoal ante o mês anterior e expansão de 0,69% nos últimos 12 meses, segundo divulgou hoje a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). De acordo com a entidade, este é o melhor resultado do emprego desde o início da série histórica da pesquisa de indicadores iniciais, em 1992.Segundo a Firjan, a criação de novos postos de trabalho foi acompanhada de aumento salarial e, de janeiro a novembro, a massa real de salários na indústria fluminense subiu 1,2% ante o mesmo período de 2003. Com isso, o salário real médio da indústria cresceu 3,3% em igual período. De acordo com a Firjan, "os indicadores referentes ao emprego estão diretamente relacionados com o bom comportamento industrial do estado".O índice de utilização da capacidade instalada foi de 81,82% em novembro e superou o registrado no mesmo mês de 2003, que foi de 78,66%. "Os números apurados pela Assessoria de Pesquisas Econômicas da Firjan, em novembro, mostram que a atividade industrial mantém-se elevada, reforçando a tendência de recuperação econômica, ainda que as vendas tenham apresentado recuo na comparação mensal imediata", concluem os economistas da Firjan.Na comparação com outubro, a retração das vendas chegou a 6,75%, mas cai para 3,9% na série com ajuste. Essa redução, segundo a Firjan, é resultado do desempenho negativo do setor químico, que responde por 60% da queda no mês. De janeiro a novembro, as vendas do setor acumularam aumento de 9,37%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.