Empresa aérea lançará alternativa para vôo econômico

A partir de maio, os turistas com destino às ruínas de Machu Picchu, no Peru, contarão com uma alternativa de vôo econômico ligando Rio Branco (AC) até Cuzco. A passagem de ida deverá custar em torno de R$ 100, mesma tarifa de uma viagem de Rio Branco a Porto Velho (RO). Esta é a proposta da empresa peruana Aéreo Condor, com 30 anos de atuação na Cordilheira dos Andes. A nova rota foi discutida, nesta quinta-feira, em uma rodada de negócios do Sebrae/AC entre representantes da empresa, da Infraero e empresários do setor de turismo do Acre. Segundo o empresário acreano George Pinheiro, a companhia peruana deverá manter uma linha regular com pelo menos dois vôos semanais em aeronaves com capacidade para até 50 passageiros."Para as empresas brasileiras do setor, este mercado é considerado muito pequeno, daí a importância de termos o interesse de uma empresa peruana", avaliou. Os vôos de Rio Branco a Cuzco farão escala em Puerto Maldonado, no Peru, capital do Departamento de Madre de Dios.LucroO Acre também pretende lucrar com esta rota. As pousadas ecológicas do estado estão de olho nos turistas estrangeiros que visitam as ruínas de Machu Picchu, segundo o Marcus Vinícius Alexandre Médici, gerente - executivo da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável do Estado. O entrave para o turismo no Acre ainda são as tarifas do lado brasileiro. De São Paulo a Rio Branco a passagem de ida custa em torno de R$ 900.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.