Empresa ainda não acertou com seus tablets

Desde 2012, o Google já lançou três modelos de tablets, todos com o nome Nexus. A empresa buscou parcerias com fabricantes tradicionais de hardware para os produtos: para as duas versões do Nexus com tela de sete polegadas (2012 e 2013), a associação foi com a Asus; para o tablet maior, o Nexus 10, a Samsung foi escolhida.

O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2014 | 02h05

A empresa nunca divulgou dados de vendas desses aparelhos. Com relação ao Nexus 10, o fato de que a edição lançada em setembro de 2012 foi a primeira e única, já dá uma boa pista do desempenho do produto. É verdade que o formato de tablet que acabou "pegando" foi mesmo o de sete polegadas. O problema é que o Nexus menor também não se deu bem nas lojas.

Especialistas já estimaram as vendas dos aparelhos. Segundo uma conta do primeiro semestre de 2013 (antes da chegada da segunda versão do Nexus 7), o número total de Nexus em operação era de 6,8 milhões para o tablet menor e apenas 680 mil para o modelo com tela de 10 polegadas. Outra estimativa mostrou que as duas versões do Nexus 7 venderam cerca de três milhões de unidades. / C.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.