Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Empresa alemã diz que sua oferta tinha preço justo

A alemã E.On afirmou, em nota, que sua oferta tinha um "preço justo", determinado por uma avaliação profunda do ativo. "No entanto, nós não estávamos em posição de oferecer mais do que aquilo que podemos justificar como apropriado e que seria um investimento para agregar valor", disse o presidente do conselho de administração da alemã, Johannes Teyssen.

O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2011 | 03h05

O ministro das Finanças de Portugal, Vitor Gaspar, reforçou a importância das privatizações. "O programa é importante não somente porque nos dá acesso a uma fonte de financiamento que atualmente é muito importante, mas também porque mostra a possibilidade de diversificação das fontes de financiamento da economia portuguesa."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.