Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Empresa brasileira terá misto de TV e computador

A empresa brasileira Comsat planeja lançar, em 17 de dezembro, dois aparelhos portáteis que combinam televisão e computador. Um deles, com tela de 4,3 polegadas e sem disco rígido, deve custar R$ 350 e o outro, com 7 polegadas de tela e disco rígido, deve sair por R$ 700. "Eles virão com o Ginga", afirmou Jakson Sosa, vice-presidente da Comsat.Os equipamentos vão captar o sinal transmitido pelas emissoras para celulares, que tem resolução baixa. Eles terão uma saída VGA, para permitir que sejam ligados a aparelhos de televisão. "A recomendação é que eles sejam ligados em televisores de até 14 polegadas, por causa da qualidade da imagem", explicou Sosa.O ministro das Comunicações, Hélio Costa, chegou a anunciar que um grupo indiano-brasileiro iria lançar uma caixa conversora de R$ 180. Ele falava do projeto da Comsat, que não é de conversores, mas de terminais móveis, que recebem o sinal gerado para telas pequenas. Não existe participação de indianos na Comsat. Existe uma outra empresa do grupo, chamada Encore, criada para trazer para o Brasil o Mobilis, um computador portátil de baixo custo criado na Índia. Segundo Sosa, não existe participação dos indianos na Comsat."Acho que, no início das transmissões digitais, o produto que vai vingar mais é o portátil", disse Sosa. A STMicroelectronics fornece os chips para a Comsat.

Renato Cruz, O Estadao de S.Paulo

15 de novembro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.