Empresa chinesa pretende investir em ferrovias em MT

Dirigentes da empresa chinesa China Rail Construction Company (CRCC) entregaram hoje ao governador de Mato Grosso e candidato à reeleição, Silval Barbosa (PMDB), uma carta de intenções visando a estabelecer parceria para construção de quatro trechos de ferrovias no Estado. O diretor-presidente da Asian Trade Link (ATL), Marco Polo, que assessora a companhia chinesa, afirmou que o encontro de hoje foi o ponto de partida para futuras decisões. Segundo ele, ainda não foram definidos valores nem a forma da participação de cada uma das partes no processo.

VENILSON FERREIRA, Agencia Estado

28 de setembro de 2010 | 17h53

O empresário afirmou que a CRCC tem interesse em investir nos trechos ferroviários de Rondonópolis (MT) a Cuiabá (MT); Rondonópolis a Porto Velho (RO); Cuiabá a Santarém (PA); Alto Araguaia (MT) a Araguari (MG).

Há duas semanas, a América Latina Logística (ALL), que detém a concessão da Ferronorte, abriu mão do trecho entre Rondonópolis e Cuiabá, cedendo às pressões do governo de Mato Grosso, que cobrava o início das obras e sua conclusão até 2014. O prazo foi considerado inviável pela empresa para assegurar o retorno dos investimentos.

Tudo o que sabemos sobre:
logísticaferroviasMato GrossoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.