Empresa de bondinho no Rio lucrou R$ 6,5 mi em 2008

A Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar, que opera e administra o serviço turístico dos bondinhos, um dos pontos turísticos mais procurados do Rio de Janeiro, fechou 2008 com um lucro líquido de R$ 6,587 milhões, 5% maior que o ganho obtido um ano antes. A empresa considera que o desempeno do ano passado foi bom, com crescimento de 5,9% na frequência de público - apesar do mau tempo ter prejudicado o último quadrimestre - e de 10,22% na receita bruta, que chegou a R$ 31,114 milhões. A Pão de Açúcar Empreendimentos Turísticos, que explora comercialmente restaurantes, lanchonete, lojas de souvenirs e os direitos de imagem da atração turística, teve prejuízo de R$ 159,8 mil em 2008.

AE, Agencia Estado

21 de junho de 2009 | 12h40

Em seu relatório, a empresa informa que o serviço, muito procurado por turistas estrangeiros, não sofreu efeitos negativos da crise financeira global. No primeiro bimestre de 2009, afirma, houve um crescimento de público da ordem de 4,5% sobre o ano anterior.

A companhia deve encerrar hoje a substituição dos bondinhos da linha 2 - Morro da Urca/Pão de Açúcar - pelo novos modelos de teleféricos fabricados pela empresa Frey AG. A troca da linha 1 - Praia Vermelha/Morro da Urca - já foi realizada. Segundo informações do balanço da empresa, os investimentos para a aquisição dos novos bondinhos somaram R$ 4,396 milhões, quitados com recursos próprios. Durante a última semana, com apenas uma das linhas em funcionamento, os preços dos passeios foram reduzidos pela metade.

Os preços normais dos passeios nos bondinhos são de R$ 22,00 para crianças de seis a 12 anos e de R$ 44,00 para todos com mais de 12 anos. Crianças menores não pagam e idosos e portadores de necessidades especiais pagam metade da tarifa. As bilheterias funcionam das 8h às 19h50 e os passeios saem a cada 20 minutos ou quando a lotação do bondinho, de 65 pessoas, é atingida.

Tudo o que sabemos sobre:
turismobondinhoPão de Açúcar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.