coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Empresa de Buffet tem pior ano em 2008

O Berkshire Hathaway, companhia holding dirigida pelo investidor norte-americano Warren Buffet, informou que teve seu pior ano em 2008. O lucro líquido da empresa caiu 62,2%, para US$ 4,99 bilhões, de US$ 13,21 bilhões em 2007. O Berkshire afirmou que seu valor contábil por ação diminuiu 9,6% - um desempenho bem melhor do que o do índice S&P 500, mas apenas o segundo ano negativo registrado pela companhia desde que Buffet assumiu o controle, em 1965.A economia "estará em dificuldades durante todo o ano de 2009, e provavelmente até bem depois disso", disse a companhia. Ainda assim, Buffet fez uma afirmação otimista em sua carta aos acionistas da empresa. O executivo comentou as atuais preocupações com o sistema financeiro, dizendo que "nós nunca devemos esquecer que nosso país enfrentou obstáculos muito piores no passado". "Sem fracassar, porém, nós os superamos", afirmou Buffet.Já era esperado que a crise desse seu golpe em empresas controladas pelo Berkshire, como a Coca-Cola, o U.S. Bancorp, o Wells Fargo, a Moody''s Corp. e o Washington Post, entre outros. Também foi um ano desafiador para as companhias de seguros do Berkshire.No ano passado, foi registrada a segunda mais custosa temporada de furacões, com danos estimados em US$ 54 bilhões. Em 2005, as tempestades que incluíram o furacão Katrina custaram US$ 128 bilhões em prejuízos, resultando em mais de US$ 3 bilhões em perdas para o Berkshire. As informações são da Dow Jones.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2009 | 11h37

Tudo o que sabemos sobre:
Buffetcrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.