Empresa deverá 'repatriar' produção aos EUA

A mais recente e também a mais surpreendente mudança que refletiu o novo estilo de liderança de Tim Cook foi o anúncio, na semana passada, de que a Apple tinha a intenção de repatriar parte da produção de seus produtos para os Estados Unidos. Cook afirmou que a companhia investiria US$ 100 milhões para voltar a produzir parte dos computadores da linha Mac em território americano.

O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2012 | 02h08

Hoje, a Apple ainda produz alguns produtos nos Estados Unidos, embora não revele quantos e onde essas peças são montadas - a esmagadora maioria da produção, no entanto, foi transferida para a China.

Tim Cook afirmou que a mudança foi tomada porque ele acredita que a companhia tem a obrigação de cumprir um papel social além da meta de engordar os próprios lucros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.