bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Empresa do grupo Varig anuncia demissão de 2 mil funcionários

A Sata, divisão de movimentação aeroportuária do Grupo Varig, informou ao Sindicato dos Aeroviários do Estado de São Paulo que deverá cortar entre 1.800 e 2 mil funcionários em todo o País para tentar manter suas operações. Atualmente, a empresa conta com 5.700 funcionários. A companhia presta serviços de check-in e movimentação de equipamentos e bagagens para a Varig e outras companhias aéreas nos principais aeroportos brasileiros.O presidente do sindicato, Uébio José da Silva, afirmou que teve uma reunião com representantes da Sata nesta tarde e foi informado de que as demissões devem ocorrer a partir de amanhã e que as verbas rescisórias serão pagas em 11 vezes. Os salários de maio foram pagos hoje, com atraso.Os representantes da Sata afirmaram ainda que os cancelamentos de vôos da Varig estão provocando uma crise na unidade. "Se a Sata não fizer esses cortes, não tem como sobreviver", disse Silva. Amanhã, às 11 horas, os representantes dos aeroviários terão nova reunião com membros da Sata para discutir o assunto. A Sata detalhou que, das demissões previstas, 230 devem ocorrer em Congonhas e 570 no aeroporto de Guarulhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.