Empresa do vice Alencar demite 200 funcionários

A Coteminas, companhia do setor têxtil de propriedade do vice-presidente José Alencar (ele está licenciado), demitiu 200 empregados esta semana. "É bastante incomum ocorrerem demissões na Coteminas", disse a presidente do sindicato dos trabalhadores têxteis do Rio Grande Norte, Sônia Zerino. "A companhia disse que as demissões ocorreram por causa da desaceleração do mercado e da queda da produção."Ela afirmou que 100 trabalhadores pertencentes ao sindicato foram demitidos. Outros 100 funcionários ligados a um outro sindicato também perderam o emprego.Um dos diretores da empresa, João Lima, negou que as vendas em declínio e o real mais valorizado tenham causado as demissões. "Se houve algumas demissões, elas estiveram relacionadas a uma rotatividade normal da companhia", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.