Empresa é multada após ser desmascarada por estudantes

A farmacêutica multinacional GlaxoSmithKline foi multada em US$ 156 mil por propaganda enganosa nesta terça-feira, 27, depois que duas estudantes descobriram que sua famosa bebida de groselha Ribena não continha vitamina C.A companhia reconheceu 15 acusações de propaganda enganosa entre 2002 e 2006 em um processo movido pela Comissão de Comércio, órgão de defesa do consumidor, depois que um projeto escolar expôs a farsa.A Ribena foi comercializada por muito tempo como uma bebida saudável, baseada nas propagandas que diziam que o suco de groselha continha mais vitamina C que o de laranja. Os anúncios na Nova Zelância diziam que a Ribena continha 7 miligramas de vitamina C a cada cem mililitros.Mas as estudantes do ensino médio Anna Devathasan e Jenny Suo, na época com 14 anos, descobriram que a bebida quase não continha nenhum traço de vitamina C, após testar a Ribena como parte de um projeto de ciências.O juiz Phil Gittos, da Corte do Distrito de Auckland, multou a GlaxoSmithKline e ordenou que a companhia corrija seus anúncios, além de divulgar uma mensagem em seu site na internet.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.