Empresa investirá R$ 400 milhões em produção de cobre

A Vale anunciou ontem que vai iniciar o desenvolvimento de seu projeto de cobre de Konkola North, no Zâmbia, em parceria com a africana Rainbow Mineral - companhia listada na Bolsa de Valores de Johanesburgo, na África do Sul. A meta é tornar a empresa um dos maiores produtores mundiais de cobre. Atualmente, a Vale é a maior em minério de ferro e a segunda em níquel.

, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2010 | 00h00

A estimativa de investimento na joint venture é de US$ 400 milhões, para produzir 45 mil toneladas métricas por ano de cobre concentrado. O início da produção é previsto para 2013 e a capacidade máxima será atingida em 2015. A vida esperada da mina é de 28 anos, incluindo três anos do programa de exploração para avaliação da área, que tem potencial de expandir a produção de concentrado de cobre para 100.000 toneladas métricas a partir de 2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.