Empresa japonesa oferece juros baixos para ´inteligentes´

Clientes considerados inteligentes recebem vantagens em financiamentos

Agencia Estado

21 de junho de 2007 | 12h48

Uma empresa de serviços financeiros no Japão está oferecendo financiamento para casa própria com juros mais baixos para clientes considerados inteligentes, que têm bons empregos, falam bem inglês ou dominam o uso de computadores. As reduções oferecidas pela GE Consumer Finance, o braço financeiro da General Electric Co., podem chegar a até um ponto percentual por ano, dependendo do tipo de trabalho e das habilidades do comprador e de integrantes de sua família.De acordo com a agência de notícias Kyodo News, entre os vinte tipos de profissionais que serão privilegiados estão advogados, contadores, médicos, intérpretes e economistas.A idéia da empresa, segundo um porta-voz, é que os trabalhadores mais qualificados costumam conseguir e manter bons empregos, o que reduziria o risco de insolvência - arrecadação de todos os bens do devedor no caso de a dívida são ser paga.Anteriormente, clientes que tinham fluência em inglês e certificados que provassem o domínio do uso de computadores já podiam ser beneficiados por uma redução da taxa de juros de até 0,2%.De acordo com as novas regras, no caso de o cliente ser um casal em que ambos possuam os mesmos tipos de qualificações, a redução pode chegar a até um ponto percentual.Ainda de acordo com a GE Consumer Finance, até as habilidades dos parentes como pais, filhos e irmãos também poderão ser consideradas na hora de pedir o empréstimo. O novo esquema é válido para empréstimos com taxas de juros fixas ou variáveis.

Mais conteúdo sobre:
Empresajuros baixosinteligentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.