Empresa relança o tradicional coador de café de pano

O coador de café de pano, aquele que resiste no interior do País e,acredite, ainda é usado por 80% das donas-de-casa, mas está se tornando peçade museu nos grandes centros do País, está de volta. A Café Meridianovai lançar seus coadores de pano e começa a partir deste mês adistribuir por supermercados e outros de pontos-de-vendas.A empresa capixaba informa que seus coadores estão sendo fabricadoscom a melhor flanela, sustentada por fios de alumínio e empunhadurasque não permites que esquentem, pois são recobertas de PVC. "Suadurabilidade, além disso, será muito maior do que os à venda nomercado", garante Cleverson Affonso Pancieri, diretor-presidente doCafé Minuano.Fundada há 41 anos, em Colatina, a empresa, que também vendemáquinas de café expresso e insumos diversos, testou o coador de panodurante vários meses antes deste lançamento que, acredita, será mais umsucesso de vendas, tanto no mercado capixaba quanto no Leste de MinasGerais e no Extremo Sul da Bahia, onde atua."Com o coador de pano, pelo método de preparo tradicional, a pessoapode se servir de qualquer um dos cafés torrados e moídos produzidospela Meridiano, e que são oferecidos, hoje, na maioria dos casos emduas opções de peso. Este lançamento faz parte do esforço da indústriade oferecer aos consumidores tudo o que se relaciona com o consumo decafé", diz Pancieri.De acordo com pesquisa realizada pela empresa apenas 6,99% dasdonas-de-casa acham melhor o uso de coadores descartáveis de papel (oque a Meridiano também já fabrica e vende nos modelos 102 e 103),enquanto 2,56% consideram melhor as máquinas cafeteiras automáticas,entre as quais a que a Meridiano importa da Itália.

Agencia Estado,

16 de maio de 2002 | 13h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.