finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Empresa teve de voltar atrás

Há duas semanas, Reed Hastings, presidente da Netflix, reverteu a impopular decisão de separar as operações de aluguel de DVDs e de serviços de vídeos pela internet em tempo real.

O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2011 | 03h05

Em um comunicado curto divulgado no blog da companhia, Hastings informou que os clientes norte-americanos continuarão a ver vídeos online e alugar DVDs via correio pelo site Netflix.com. A companhia abandonou o plano de transferir a locação de DVDs a uma operação separada chamada Qwikster.

A mudança jamais entrou em vigor e foi uma das várias decisões que levarão os clientes a abandonar a Netflix, até recentemente muito bem vista em Wall Street.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.