Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Empresa vai manter as marcas União e DaBarra

O vice-presidente de comercialização e logística da Cosan, Marcos Lutz, disse que a empresa vai manter suas principais marcas de açúcar refinado no varejo após a concretização da incorporação da NovAmérica. A Cosan possui a marca Açúcar Da Barra e a NovAmérica é dona da marca Açúcar União, líder do mercado interno de varejo, com 37% do total das vendas. Segundo Lutz, as duas marcas possuem posicionamento geográfico e de mercado diferenciados. "Enquanto a União é líder no País, a Da Barra tem forte participação em apenas algumas poucas regiões", disse. Segundo ele, a sobreposição de mercado das marcas é mínima, o que justifica a manutenção das duas.Lutz disse ainda que a união das duas empresas vai compensar as margens pequenas e diluir o alto custo operacional do varejo. "Estaremos presentes em muitos pontos de venda com o Açúcar União, Da Barra e as outras três marcas do grupo. A operação logística para o varejo vai ficar mais unificada", disse. O executivo acrescentou que a presença no varejo é estratégica para a Cosan. A notícia da união entre os grupos foi bem recebida pelo diretor-presidente da Açúcar Guarani, Jacyr Costa Filho. "Essa consolidação traz mais equilíbrio para a relação comercial no setor, que tem concentração nos supermercados", avaliou. Segundo Lutz, a Cosan vai entregar em 15 dias ao governo o protocolo com informações sobre os mercados de suas marcas de açúcar no varejo para ver se existe concentração, procedimento que é exigido por lei. Na avaliação do executivo, contudo, a concentração é muito pequena, em torno de 10% a 15% do mercado de varejo, que inclui o açúcar refinado e o cristal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.