Empresária vai vender aqui pelo dobro do preço

A administradora de empresas Daniela Lima voltou há pouco mais de duas semanas de Miami, nos Estados Unidos, com US$ 6 mil em compras. Trouxe de tudo: perfumes, roupas, produtos de beleza e maquiagem. Já vendeu praticamente 100% do que trouxe na bagagem - e tem encomendas das clientes da zona norte de São Paulo para uma próxima viagem. "Elas pedem muito o perfume Carolina Herrera."

, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2011 | 00h00

A empreendedora de 26 anos, que acabou de abrir um salão de beleza no bairro do Mandaqui, montou um pequeno quiosque em que venderá produtos "importados" da Flórida. "Pretendo ir a cada 45 dias", diz ela, antecipando que terá mais demanda com a clientela que pretende formar no novo negócio.

Daniela conta que a viagem - um pacote especializado em compras, da CVC - foi sua primeira experiência em Miami. O tour, que dura cinco dias, tem 24 horas de atividade livre. Enquanto a maioria dos 14 companheiros de pacote da administradora optou por passear, ela reforçou as compras: "Achei os outlets baratos, mas em outros shoppings mais sofisticados os preços não valem muito a pena".

A estratégia da administradora para as encomendas é clara e simples: venderá todos os produtos adquiridos exatamente pelo dobro do preço que custaram nos Estados Unidos. "Deste total, 40% são para pagar a viagem e o resto é o lucro", diz ela. "Assim, eu também consigo pagar as roupas que comprei para mim."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.