Empresário diz que Tombini saiu pessimista de encontro

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, deixou nesta sexta-feira um restaurante na zona sul da capital paulista onde participou de reunião-almoço, organizada pelo Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi), com empresários de 14 setores da indústria e do varejo.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agencia Estado

28 de setembro de 2012 | 16h25

O encontro durou cerca de 3 horas e, segundo participantes do encontro, Tombini fez uma avaliação da economia doméstica e internacional. Ao término do encontro, o presidente do BC teria dito que saiu mais pessimista do que quando chegou.

De acordo com um dos empresários ouvido pela Agência Estado, Tombini teria aberto a reunião dizendo acreditar que estava retornando a este encontro - ele participou do mesmo evento em 2011 - com a economia em melhor situação, dado que a taxa de juros foi reduzida e o câmbio desvalorizado. Mas, diante do que ouviu dos empresários, o presidente do BC teria se convencido de que a situação não melhorou tanto como ele esperava.

Tombini saiu do local sem falar com a imprensa, com a justificativa de que já estaria atrasado para um outro compromisso.

Tudo o que sabemos sobre:
TombiniempresáriosSPencontro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.