Empresário elogia política industrial do governo

Os empresários que estiveram reunidos hoje com o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, apoiaram as linhas gerais da política industrial que o governo pretende executar a partir de 2004. ?A linha conceitual vai na direção correta?, afirmou o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro Neto. Cerca de 30 empresários participaram do encontro.Apesar da concordância, os industriais apontaram ao ministro alguns entraves ao desenvolvimento econômico e cobraram maior participação do setor privado na definição dos instrumentos que serão utilizados na política industrial anunciada quarta-feira. ?Falta clareza sobre os instrumentos, mas com essa base podemos discutir mais profundamente quais serão esses instrumentos?, disse Monteiro Neto.Na avaliação do presidente da CNI, a agenda defendida por Palocci poderá resolver os entraves que ainda existem ao desenvolvimento. Ele citou como problemas os marcos regulatórios, juro bancário e estrutura tributária ? em especial a evolução da proposta de desoneração dos bens de capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.