Empresário não aumenta preço por ganância, diz Fiesp a Lula

O diretor do departamento de pesquisas e estudos econômicos da Fiesp, Cláudio Vaz, rebateu hoje as críticas feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos empresários na noite de quarta-feira. "Não conheço nenhum empresário que aumente preços por ganância", disse ele, sobre o pedido de Lula para que os empresários tenham responsabilidade e não queiram ganhar em um mês todo o capital investido, remarcando preços assim após uma simples melhora do comércio. O diretor da Fiesp disse que o ambiente entre o governo eos empresários é de crítica construtiva e que o governo só vai saber o que acontece na economia real pelas críticas do setor privado. "Nossa intenção é sempre criticar de forma construtiva", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.