finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Empresário Ricardo Mansur é condenado por difamar banco

A Justiça Federal em São Paulo condenou hoje a três anos de reclusão em regime aberto e multa de R$ 200 mil o empresário Ricardo Mansur, acusado de difamar o Bradesco, divulgando na Internet mensagens falsas. A pena de reclusão foi substituída em prestação de serviços à comunidade. A Justiça acolheu apelação do Ministério Público Federal e reformou decisão do ano passado que absolveu o ex-presidente do Mappin. Nesse processo, ele chegou a ter prisão preventiva decretada. Mansur pode recorrer da condenação, já que não houve decisão unânime.O empresário ex-controlador da Mesbla e doMappin responsabilizou o banco pela bancarrota de seu império, face ao corte repentino de linhas de crédito à suas empresas.

Agencia Estado,

02 de setembro de 2003 | 15h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.