Empresário teme inflação com pressão por reajuste salarial

O presidente da Câmara Americana de Comércio (Amcham), empresário Sérgio Haberfeld, disse hoje temer que uma eventual retomada da atividade provoque pressão maior dos trabalhadores por reajustes de salário, o que causaria aumento da inflação. "Receosos de perder produção, os empresários tenderão a acatar as reivindicações", afirmou. Em conseqüência, aumentam os custos de produção, que podem ser repassados aos preços. "Dessa forma, vamos realimentar a inflação", disse.Haberfeld, que integra o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), disse estar preocupado com a possibilidade de a economia entrar novamente em um processo de bolhas de crescimentos. Para ele, o brasileiro tem o defeito de gastar mais do que ganha.O empresário não acredita que haverá retomada econômica ainda neste ano. Para ele, o que existe é apenas a sinalização de um crescimento maior no final do ano. Haberfeld acredita que a atividade produtiva voltará a crescer no fim do primeiro semestre do ano que vem ou apenas na segunda metade de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.