Empresário vê espaço para País crescer no mercado

Com produção de 15 milhões de toneladas de celulose no ano passado, o Brasil exporta mais de 60% de sua oferta. Dados d a Bracelpa (Associação Brasileira de Celulose e Papel) mostram que as exportações do setor somaram US$ 7,1 bilhões em 2013, alta de 7,5% sobre 2012, com um volume de 9,4 milhões de toneladas. Os EUA, com cerca de 50 milhões de toneladas, e China, com 20 milhões, são, respectivamente, os maiores produtores globais. "Há espaço para o Brasil crescer", disse Osmar Zogbi, da Eco Brasil Florestas. O discurso dele destoa das companhias no País, que temem que os novos projetos no País derrubem os preços do produto. / M. S.

O Estado de S.Paulo

31 de março de 2014 | 02h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.