Empresários brasileiros visitam cinco países africanos

Começa hoje no Cairo a visita de empresários brasileiros a cinco países africanos para divulgar o setor de componentes para couro, calçados e artefatos. Dirigentes de 20 empresas visitarão além do Egito, a Nigéria, a Tunísia, a África do Sul e o Quênia - países que concentram a maior parte da produção de calçados de toda a África, com cerca de 150 milhões de pares/ano. A missão comercial, coordenada pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos, pretende divulgar o produto brasileiro também para outros potenciais compradores da Etiópia, Botsuana, Zimbabue, República do Congo, Tanzânia, Sudão e Argélia. A expectativa é de fazer 400 contatos que poderão render US$ 1,2 milhão em negócios no período de 12 meses. Esse volume representa aumento de 10% no percentual de participação desses países nas exportações brasileiras do setor. Durante a missão, os brasileiros vão participar de feiras e visitar entidades setoriais. Eles terão ainda a incumbência de identificar os melhores locais para a implantação de canais de distribuição que poderão incrementar a entrada do produto brasileiro naqueles países. Os visitantes ficarão até o próximo dia 21 no Egito. De 23 a 25, eles estarão na Nigéria. A Tunísia será visitada entre os dias 26 e 27 e a África do Sul, de 28 a 29. A missão será encerrada no dia 3 de dezembro no Quênia, onde participará da Nairobi International Leather and Footwear Expo. As informações são da Radiobrás.

Agencia Estado,

17 Novembro 2005 | 07h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.