Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Empresas brasileiras têm menor valor de mercado em 1 ano

Companhias perdem, entre maio e julho, 16,2% do valor de suas ações, segundo levantamento da Economatica

Da Redação,

01 de agosto de 2008 | 17h05

O valor de mercado das empresas brasileiras de capital aberto atingiu R$ 1,927 trilhão em julho, a menor soma desde agosto de 2007. Segundo estudo da consultoria Economatica, as companhias perderam, entre maio e julho deste ano, 16,2% do valor de suas ações, o que representa R$ 373 bilhões. Os maiores responsáveis por essa redução foram os papéis da Vale e da Petrobras, que juntos caíram 47,4% do total, ou R$ 176,9 bilhões.   A estatal petrolífera perdeu R$ 116,8 bilhões (31,3% do total), valor superior ao valor de mercado do Bradesco no mês, que, no ranking geral, seria a terceira maior do mercado com R$ 95,8 bilhões. Já a mineradora amarga queda de R$ 60,1 bilhões (16,1% do total), próximo ao valor de mercado do Banco do Brasil, fechou julho em R$ 63,8 bilhões. A terceira empresa com maior queda de valor de mercado foi o BB, com queda de 18,9 bilhões (5,1% do total).   As 10 empresas com maiores quedas acumulam R$ 289,2 bilhões de redução no valor de mercado no período, ou 77,5% do total. Veja abaixo o gráfico da evolução do valor de mercado das empresas de capital aberto brasileiras:  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.