Empresas de alimentos são multadas por maquiar produtos

São elas: Marilan Alimentos, Pepsico do Brasil, Nestlé do Brasil e Cipa Industrial de Produtos Alimentares

AE, Agencia Estado

09 de janeiro de 2008 | 17h44

As empresas Marilan Alimentos, Pepsico do Brasil, Nestlé do Brasil e Cipa Industrial de Produtos Alimentares foram multadas hoje pelo Ministério da Justiça por terem reduzido as quantidades de vários produtos que comercializam sem aviso prévio aos consumidores. A punição à prática, conhecida como maquiagem de produtos, está prevista no Código de Defesa do Consumidor.As multas são conseqüência dos processos instaurados pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça. A Pepsico terá que pagar R$ 472.930,00 pela redução da quantidade do salgadinho Agito, que passou de 70 para 50 gramas. A Nestlé reduziu as quantidades de vários biscoitos, chocolates em barra, ração para animais e alimentos infantis, sendo condenada a pagar uma multa de R$ 394.108,00.A Marilan terá de pagar uma multa de R$ 354.700,00 devido à redução da embalagem do biscoito Pit Stop de 240 para 180 gramas. A Cipa foi multada em R$ 94.586,00 pela redução dos biscoitos Wafer Recheado de 160 para 140 gramas; Mini Atacado Rosca, de 1 kg para 800 gramas; Rosquinhas, de 500 para 400 gramas; e Biscoito Recheado, de 150 para 140 gramas. As empresas ainda podem apresentar um último recurso questionando a decisão à Secretaria de Direito Econômico (SDE), a qual o DPDC é vinculado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.