José Patrício/ Estadão
José Patrício/ Estadão

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Empresas de capital aberto perdem R$ 1,03 trilhão em valor de mercado em 2020

Somente nesta quarta, 11, empresas perderam R$ 249,1 bilhões

Mateus Fagundes, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2020 | 23h12

A queda forte das ações listadas na B3 nesta quarta-feira, pregão que foi marcado pelo segundo acionamento do circuit breaker na semana, fez derreter o valor de mercado das empresas. Elas perderam R$ 249,1 bilhões somente nesta quarta-feira, segundo a Economatica. No acumulado de 2020, a queda é de R$ 1,03 trilhão. O Ibovespa perdeu hoje 7,64% e tem recuo de 26,35% desde a virada do ano.

No mês de março, a queda acumulada é de R$ 669 bilhões. De 21 de fevereiro, sexta-feira de carnaval, antes do alastramento da doença na Itália, até hoje, a queda é de R$ 1,02 trilhão.

Segundo a Economatica, após o movimento do mercado hoje, o Itaú Unibanco é a empresa com maior valor de mercado (R$ 250,729 bilhões), seguido de Ambev (R$ 216,287 bilhões) e Petrobrás (210,621 bilhões).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.