Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Empresas deposita R$ 15 bi do bônus de Libra

As cinco empresas que formam o consórcio vencedor do leilão de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos, pagaram nesta quarta-feira, 27, os R$ 15 bilhões referente ao bônus de assinatura pela área. Representantes de Petrobras, Shell, Total, CNPC e CNOOC estiveram na Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para rubricar os contratos e entregar a guia de pagamento.

SABRINA VALLE, Agencia Estado

27 de novembro de 2013 | 16h44

Até o meio da tarde, pelo menos Total, CNOOC e CNPC haviam entregado a guia provando o depósito, que foi feito em uma conta do Tesouro. Segundo um representante de uma das empresas, Shell e Petrobras também sinalizaram estar com a obrigação encaminhada.

CNPC (R$ 1,5 bilhão), CNOCC (R$ 1,5 bilhão) e Total (R$ 3 bilhões) trouxeram o montante do exterior. As duas chinesas fizeram um aumento de capital para levantar recursos.

O pagamento poderia ser feito por Guia de Recolhimento da União (GRU), mas este recurso foi preterido pelas empresas já que a GRU sequer comporta a casa do bilhão.

ANP e Tesouro têm até sexta-feira para confirmar o depósito. A assinatura dos contratos está marcada para segunda-feira, 02 de dezembro, às 11h, em cerimônia no Palácio do Planalto.

Tudo o que sabemos sobre:
pré-salleilãopagamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.