Empresas do Japão estão menos pessimistas

As grandes companhias japoneses ficaram menos pessimistas acerca da economia no segundo trimestre, quando um ligeiro aumento da demanda global melhorou o sentimento entre as empresas de manufatura. De acordo com a pesquisa trimestral sobre o sentimento corporativo, realizada conjuntamente pelo Ministério das Finanças e pelo Escritório do Gabinete do Governo, o índice do sentimento de negócios das grandes companhias ficou em 22,4 negativos no período abril-junho.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

22 de junho de 2009 | 03h16

Apesar de negativa, a leitura é uma clara melhora em relação ao recorde de baixa registrado no trimestre anterior, de -51,3, e sugere que a maioria das empresas se tornou menos pessimista sobre o ambiente de negócios. O dado também reforça a visão entre analistas e autoridades do governo de que a economia provavelmente tocou o piso no primeiro trimestre.

"Os dados negativos para o índice em quase todos os setores ficaram menores, na medida em que sinais de melhora surgiram em algumas áreas da economia", disse um funcionário do Ministério das Finanças. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãoempresaspesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.