Empresas juntam-se pelo etanol de celulose

PESQUISA

O Estadao de S.Paulo

15 Outubro 2008 | 00h00

Oito empresas brasileiras, incluindo grupos como Votorantim, Copersucar e Bunge, devem assinar na próxima semana contrato para criação de uma empresa de propósito específico (EPE) que atuará em pesquisas para o desenvolvimento de etanol de celulose. A informação é do diretor titular do Departamento de Agronegócio da Fiesp, Benedito da Silva Ferreira. A entidade atua como facilitadora na constituição da nova empresa, que contará também com a participação da Embrapa. "Será uma empresa privada, com a possibilidade, até mesmo, de lançar ações em mercado quando a conjuntura econômica estiver mais favorável", afirmou Ferreira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.